GERAT não cuida nem da própria casa, imagine das agências

Notícia publicada dia 22/12/2020

Tamanho da fonte:

Um surto de COVID 19 atingiu o andar do prédio do Jaguaré em que funciona a gerência, e o Sindicato teve que encaminhar ofício a órgãos superiores para exigir atitude dos responsáveis pela GERAT, a gerência de atendimento responsável pelas agências dos Correios.

Se essa gerência não consegue conter um surto em algumas salas de um andar, como pode cuidar das centenas de agências espalhadas pela cidade?
O fato é que não cuida.

O que acontece no prédio da GERAT é resultado de não monitorar as condições de saúde dos trabalhadores e afastar os casos suspeitos. De não afastar todos os trabalhadores quando há caso de contaminação comprovada. De não fechar e sanitizar o setor. De não fornecer todos os itens e equipamentos de proteção da segurança e da saúde.

É a mesma postura que tomam em relação às agências.

A contaminação na própria casa mostra o quanto essa gerência é negligente. O andar todo já foi atingido e outras áreas do prédio estão comprometidas. Para a gerência fazer a lição de casa, o Sindicato teve que exigir dos órgãos superiores como GERT/DEREO/DIGEP.

É demais! Os ecetistas estão abandonados nas mãos de carrascos inconsequentes que os abandonam à própria sorte, correndo risco de contaminação, adoecimento e morte. O Sindicato seguirá exigindo a implantação das medidas corretas em todas as agências.

Compartilhe agora com seus amigos