Poema Mãe – Moisés Poeta

Notícia publicada dia 10/05/2020

Tamanho da fonte:

Mãe

primeiro era a sua vida,
numa jornada da ternura
guiada pela oração ;
mais tarde uma dor suportada
e eu passo a fazer parte da nação…

Um semblante divino,
Sei que fruto do seu amor
nasceu a minha vida;
em todos os momentos tive a sua proteção
e o melhor tempero da sua comida…

Tens a beleza do firmamento
o brilho e o encanto;
és a mais linda das flores,
e o mais belo dos cantos…

E quando nem minhas eram as madrugadas
sua devoção já me aquecia
e me dava sustentação;
me ensinando o caminho certo
sob o amparo de suas mãos…

Minhas palavras são quimeras,
grãos de areia no solo;
pequenas para quem me deu carinho
e me carregou no colo…

Te amo, te respeito,
sem seu colo nem sei como viver,
vejo que o tempo vai passando
e deixa expresso no destino
essa minha sorte de ter você…

Nesse teu lindo dia,
quero te agradecer e homenagear;
porque tenho recebido tanto carinho e dedicação,
que só mesmo o amor de Mãe pode explicar…

Moisés Poeta

Compartilhe agora com seus amigos