SINDICATO REPUDIA GESTÃO DO CDD ÁGUA BRANCA POR AMEAÇA E ASSÉDIO AOS FUNCIONÁRIOS

Notícia publicada dia 20/12/2020

Tamanho da fonte:

Entidade acionou a superintendência de São Paulo exigindo providências e fará denúncia aos órgãos judiciais competentes

O Sindicato cobrou providências da superintendência devido às ameaças divulgadas num impresso pela gestão do CDD Água Branca, aliás mal redigido.

O “comunicado” foi afixado pela gestão em locais visíveis para os trabalhadores. Além de conter ameaça de instauração de processo administrativo, também coage o pessoal a trabalhar no domingo e abrir mão do direito ao descanso semanal remunerado, que é um direito de todos os trabalhadores brasileiros.

A postura terrorista da gestão da unidade é tão imoral que fere frontalmente o direito do trabalhador à folga. Já não basta a empresa convocar todos aos sábados, agora querem esfolar a categoria no domingo.

O comunicado também configura assédio moral

É um crime contra os ecetistas, que estão trabalhando praticamente direto após a convocação para os sábados.

A falta de ética e o desrespeito da gestão com as garantias legais não tem limite. Não bastasse o abuso do governo Bolsonaro e direção militar dos Correios, que a todo custo tentam privatizar a Empresa, agora a gestão também está indo na onda do negacionismo e perseguição aos trabalhadores, jogando sujo.

O Sindicato tomou conhecimento dessa denuncia, assim como em outras unidades, e cobrou providências da superintendência de São Paulo. Também encaminhará denúncias aos órgãos judiciais competentes, como o Ministério Público do Trabalho, para que os autores sejam responsabilizados por essa postura inadequada e abusiva.

Compartilhe agora com seus amigos