FINDECT participa de ato pela valorização do Serviço Público e das Estatais

Notícia publicada dia 13/02/2020

Tamanho da fonte:

A proposta de Reforma Administrativa e a lista de privatizações do governo federal foram alvos de duras críticas de parlamentares e dirigentes sindicais em ato político realizado no Congresso Nacional na quarta-feira, 12 de fevereiro – A luta em defesa dos Correios ganhou destaque!

Dirigentes da FINDECT participaram do ato realizado na Câmara dos Deputados, em Brasília, organizado pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público. Com o tema “Pela Valorização do Serviço Público no Brasil”, o ato político contou com a presença de parlamentares, dirigentes das Centrais Sindicais, de Sindicatos e de entidades representativas da sociedade civil no debate e organização da luta em defesa das estatais e serviços públicos.

De acordo com o dirigente da FINDECT e do SINTECT-RJ Marcos Sant’aguida, presente nesse importante momento de resistência, foram unânimes as críticas à fala recente de Paulo Guedes, que chamou os funcionários públicos de parasitas, em um esforço de colocar a população contra o funcionalismo para preparar a reforma administrativa e impor a privatização de estatais fundamentais para o país e sua população, como os Correios, a Petrobrás, a Eletrobrás, a Dataprev e a Serpo, além dos bancos estatais.

Para Sant’aguida, o tiro de Guedes saiu pela culatra e provocou uma nova força de resistência e indignação no Brasil. Ele ressalta que os inúmeros deputados que participaram do evento criticaram as propostas do governo e se solidarizaram com os grevistas da Petrobras, com a luta dos trabalhadores dos Correios e com todas as categorias de servidores que estavam presentes e também se preparam para entrar na luta.

Defender os Correios público é dever de todos!

Os dirigentes da FINDECT Sant’aguida, Débora Henrique e Rose Leodoro, se movimentaram no evento para conversar com parlamentares, aos quais levaram informações sobre a ECT, entre elas qual “não há razões para privatizar uma empresa que cumpre um papel fundamental e estratégico para o desenvolvimento do país, primordial na prestação de serviços à população, entre eles o socorro o salvamento e resgate das vítimas das inundações, alagamento e deslizamento”.

No auditório Nereu Ramos, no Congresso, a necessidade do cumprimento do cronograma de lutas para mobilizar a população a ir para a rua foi outra unanimidade corroborada pela FINDECT, que está se somando às frentes de luta e atuando junto à categoria com informação, formação e mobilização para a participação!

O ato político tema “Pela Valorização do Serviço Público no Brasil” abriu o seminário “Reforma Administrativa – Desmonte do Estado como Projeto”, que se estendeu ao longo do dia e trouxe importantes questionamentos a respeito do desmantelamento dos serviços públicos proposto pela política do atual governo.

Veja AQUI o manifesto das Centrais Sindicais EM DEFESA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PARA A POPULAÇÃO TRABALHADORA, DOS DIREITOS DOS TRABALHADORES E CONTRA AS PRIVATIZAÇÕES

Veja AQUI o manifesto da FRENTE PARLAMENTAR MISTA DO SERVIÇO PÚBLICO.

Compartilhe agora com seus amigos