Governos fraudaram o Postalis, trabalhador paga a conta e Bolsonaro usa como argumento para privatização

Notícia publicada dia 08/10/2019

Tamanho da fonte:

Por que o rombo do Postalis seria motivo para privatizar os Correios? Os custos estão nas costas dos trabalhadores. E está mais que provado que foram os indicados pelos governos que fraudaram o fundo e “erraram” na aplicação do dinheiro, junto com bancos como o americano BNY Mellon.

Recente denúncia da operação Geenfield mostra isso mais uma vez. Os investigadores apontaram 26 pessoas, ex-dirigentes dos fundos, que chefiaram esquemas ilícitos e fizeram gestão fraudulenta no Postalis, Funcef e Petros.

Só para um governo adepto das fake news desde a eleição, esse seria um motivo para privatizar.

Ao contrário, isso é motivo para aprofundar as investigações, repor o que foi desviado, aliviar o bolso do trabalhador e reforçar a estatal e o fundo de pensão que garante um futuro digno para os funcionários.

Veja a seguir matérias sobre a denúncia da Operação Greenfiled, força tarefa que investiga rombos nos fundos de pensão, que levou os acusados a responder pelos crimes de gestão fraudulenta e por desvio de recursos em proveito próprio ou de terceiros.


Procuradoria denuncia 26 por ‘rombo bilionário’ em fundos de pensão


Operação Greenfield denuncia 26 pessoas por fraudes em fundos de pensão


 

Compartilhe agora com seus amigos