25 de Julho: Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

Notícia publicada dia 25/07/2019

Tamanho da fonte:

A concentração será a partir das 17h na Praça da República. Este ano, a marcha terá como tema “Sem violência. Sem racismo. Sem discriminação. Sem fome. Com dignidade, educação, trabalho, aposentadoria e saúde e percorrerá ruas do Centro antigo até a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos (no largo do Paissandu).

A secretaria da Mulher e da questão racial do SINTECT/SP celebra nesta quinta-feira (25), o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. Comemorado por mulheres negras de diversos países, a celebração foi instituída em 1992, ano em que ocorreu o primeiro encontro de mulheres negras da América Latina e do Caribe, em Santo Domingos, República Dominicana, se transformando em um marco internacional da luta e resistência da mulher negra.

No Brasil foi sancionada a Lei nº 12.987/2014, que instituiu o dia 25 de julho também como o Dia Nacional de Tereza de Benguela, líder quilombola que se tornou rainha, resistindo bravamente à escravidão por duas décadas.

Essa data busca dar visibilidade às diversas situações de desigualdade racial e de gênero, ao mesmo tempo em que fortalece a luta das mulheres negras seja contra o racismo, o sexismo, o feminicídio, a discriminação de classe, o preconceito ou mobilizando ações que fortalecem e resgatam organizações e grupos de resistência.

A diretoria do SINTECT/SP ressalta a importância dos trabalhadores e trabalhadoras realizarem uma profunda reflexão sobre como o racismo agrava as desigualdades sociais no Brasil e em nossa região. Celebrar esse dia também significa reafirmar o compromisso de todos sindicatos filiados no enfrentamento ao racismo, como também agregar ações cotidianas de resistência e sobrevivência das mulheres negras. Ou seja, compreender que para a transformação social da nossa sociedade tão desigual é preciso considerar o enfrentamento ao racismo como parte essencial de sua luta.

Tereza de Benguela

Tereza de Benguela é considerada uma grande guerreira mato-grossense e símbolo da resistência negra no Brasil colonial. Uma liderança quilombola que viveu no século XVIII, companheira de José Piolho, que chefiava o Quilombo do Quariterê, nos arredores de Vila Bela da Santíssima Trindade, Mato Grosso.

Quando José Piolho morreu, Tereza assumiu o comando daquela comunidade quilombola e liderou levantes de negros e índios em busca da liberdade revelando-se uma grande líder.

Apesar da pouca representatividade na história oficial do país, Tereza é comparada ao líder negro Zumbi dos Palmares, a “Rainha do Pantanal” do período colonial. Sobreviveu até 1770 e não se sabe ao certo como morreu, mas morreu lutando.

Assim como Tereza, outras mulheres foram e são importantes para a nossa história. Com trabalhos impecáveis e perseverança, elas deixaram um legado, que cabe a nós reverenciarmos e visibilizarmos a emancipação das mulheres negras, como forma de homenagear: Antonieta de Barros, Aqualtune, Theodosina Rosário Ribeiro, Benedita da Silva, Jurema Batista, Leci Brandão, Chiquinha Gonzaga, Ruth de Souza, Elisa Lucinda, Conceição Evaristo, Maria Filipa, Maria Conceição Nazaré (Mãe Menininha de Gantois), Luiza Mahin, Lélia Gonzalez, Dandara, Carolina Maria de Jesus, Elza Soares, Mãe Stella de Oxóssi, entre tantas outras.

A secretaria da mulher e da questão racial do SINTECT/SP convida a categoria a participar das manifestações e atos do dia 25, tendo como principais reivindicações o fim da violência contra a mulher negra, mais representatividade na política e respeito às religiões de matrizes africanas.

Confira a agenda do dia da Mulher Negra em São Paulo:

25/07

15h – Jardim São Luis – São Paulo
Apresentação de curtas relacionados ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha
Fábrica de Cultura Jardim São Luís

15h – Diadema – São Paulo
O reconhecimento de mim em você – Roda de conversa
Fábrica de Cultura Diadema

17h – São Paulo – SP
Marcha das Mulheres Negras
Praça da República
(Clique aqui e confirme sua presença)

Compartilhe agora com seus amigos