Categoria inicia greve em São Paulo com força e consciência

Notícia publicada dia 27/09/2017

Tamanho da fonte:

A grande participação dos ecetistas de São Paulo na assembleia de greve se estendeu ao empenho nos piquetes nas principais unidades de trabalho, mostrando que está muito forte a disposição de luta e a consciência para a participação e a união como necessidades para alcançar uma vitória nessa Campanha Salarial diferenciada!
A greve deflagrada nessa terça-feira, 26 de setembro, em São Paulo e demais bases de SIndicatos  filiados à FINDECT têm vários motivos e reivindicações.

O reajuste retroativo à data-base é uma das principais reivindicações, não só para os salários, mas para todos os benefícios econômicos como vale refeição e alimentação, auxílio creche, ticket peru, vale cultura, etc.

A reivindicação mais importante nesse momento é a reedição do nosso Acordo Coletivo de Trabalho, COM MANUTENÇÃO DE TODAS AS CLÁUSULAS!
Isso precisa estar bem claro para todos os companheiros! Temos direitos contidos no ACT que estão acima do que determina a legislação, conquistados em anos de luta, e temos que defendê-los frente aos ataques oriundos da direção da empresa e do governo, que se valem inclusive da aprovação da reforma trabalhista para isso.
Os trabalhadores da categoria estão demonstrando muita consciência da situação diferenciada e complicada que o país vive. O governo patronal de Temer está detonando com direitos da classe trabalhadora como nunca aconteceu antes. Por isso a luta tem que ser forte como nunca foi antes!
A participação nos piquetes foi exemplar no início da greve, em todas as regiões! E precisa continuar assim ao longo dos dias e semanas, porque essa greve vai ser longa, com toda a certeza.

A Diretoria do Sindicato conta com o empenho de todos!
Vamos fazer dessa a greve mais forte da história da categoria ecetista, capaz de derrotar o governo Temer e seus representantes na direção dos Correios e no Ministério das Comunicações!
Compartilhe agora com seus amigos