CET ignora legislação, multa carros dos Correios, direção da ECT assiste e Sindicato é obrigado a agir

Notícia publicada dia 13/04/2021

Tamanho da fonte:

A prioridade de veículos dos Correios em estacionamento rotativo (Zona Azul) foi o objetivo do alerta e do pedido feito pelo Sindicato à CET e à direção dos Correios, frente às infrações e penalidades aplicadas pela Companhia de Engenharia de Tráfego à revelia do que prevê o decreto que determinou as atividades essenciais na pandemia!

A CET deveria ter se atentado para isso e não aplicar multas aos veículos dos Correios. Pois o Decreto 10.282 de março de 2020, que define a atividade postal entre as essenciais, determina que seus veículos gozam de “livre parada e estacionamento no local da prestação de serviço”.

Mas por algum motivo ela não se atentou para isso a está multando os veículos da ECT. A direção da empresa deveria agir de imediato, alertando e cobrando a companhia de trânsito, mas nada fez.

Como o trabalhador é o maior prejudicado, o Sindicato se viu obrigado a solicitar cumprimento do Decreto à CET e atitude da direção da EC|T, no sentido de cobrar a companhia de trânsito.

Incompetência e desdém

Mais uma vez se coloca a situação esdrúxula do Sindicato ter que cobrar da empresa algo que ela deveria ver e fazer. E se comunicar com outros órgãos e poderes para pedir o que a direção da empresa deveria ter solicitado.

Os poderes não se conversam nesse país. Governos e órgãos governamentais estão sempre escondidos atrás de interesses próprios de seus dirigentes de ocasião.

Uns querem se projetar politicamente. Outros estão de olho na negociata que pode lhes render dinheiro. Outros querem apadrinhar alguém com um cargo. Outros são incompetentes e irresponsáveis mesmo. E por ai vão sendo jogados os direitos e os interesses da população no lixo.

O que está acontecendo com a pandemia mostra isso com toda clareza.

O governo federal deveria encabeçar e articular o combate nacional ao vírus. Mas o presidente é negacionista, amigo e promotor da doença que chamou amigavelmente de gripezinha e das até aqui mais de 352 mil mortes.

Ai aparece um governador querendo aparecer, outro fazendo algo correto e um monte de coisa errada, outros e os prefeitos perdidos atirando para todo lado, enquanto a população segue sendo dizimada pelo vírus, pelo desemprego e pela fome.

Passou da hora de dar um basta!

OFÍCIO Nº 357/2021

OFÍCIO Nº 358/2021

Compartilhe agora com seus amigos