ECT torra dinheiro com geradores deixados no tempo

Notícia publicada dia 31/01/2016

Tamanho da fonte:

Dinheiro para comprar equipamento e não usar tem, mas para pagar a PLR não. É irônico e trágico.

Geradores_2

A ECT alugou geradores para usar em eventuais faltas de energia elétrica. 12 mil reais cada. Cerca de 1,5 milhão de reais em um ano. Este dinheiro todo está enferrujando na calçada do CTP. Os geradores não foram sequer instalados. O trágico desta história é a incompetência gerencial e o abando de quem fala que não tem dinheiro para pagar a PLR dos trabalhadores, mas joga uma grana dessas no ralo. E pelo jeito vai continuar jogando, em vez de usá-la para honrar os direitos da categoria.

Geradores_1

O irônico está na afirmação da direção da empresa, de que tem de reduzir custos porque as despesas estão maiores que a arrecadação. E para reduzir, tira dos trabalhadores, acabando com funções, fechando agências e unidades, não pagando direitos, não contratando mais funcionários. Até protetor solar está faltando. O pessoal perdeu até o direito de se proteger do sol nas ruas. Enquanto isso torrar dinheiro com absurdos como este, dos geradores. E há inúmeros outros absurdos parecidos espalhados por toda a empresa.

Incompetência, má gestão, abandono, ataque aos direitos dos trabalhadores: é só isso o que a direção da ECT tem a oferecer aos seus funcionários, à própria empresa e à sociedade.

É revoltante! Depois ainda quer que a categoria acredite na sua versão de crise financeira e aceite medidas que tirem direitos, funções, reduzam salários e aumentem a quantidade de serviço. Não vamos acreditar nem aceitar!
SINTECT/SP
GESTÃO COM RESPONSABILIDADE SE ALCANÇA + CONQUISTAS
2015-2019
Compartilhe agora com seus amigos