Em greve, funcionários dos Correios fazem carreata solidária em SP

Notícia publicada dia 28/08/2020

Tamanho da fonte:

Manifestação ocorre em frente ao estádio do Pacaembu, na zona oeste da capital. Categoria está parada há 11 dias pela manutenção de direitos

Funcionários do Sintect (Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares) e trabalhadores dos Correios protestam por mais um dia em São Paulo contra à direção da empresa que, segundo a categoria, insiste na proposta de retirada de direitos.

A greve já dura 11 dias e foi organizada contra a privatização e a retirada de alguns direitos e benefícios dos trabalhadores, como a redução do vale alimentação, da licença maternidade, do auxílio creche e da indenização por morte.

Na manhã desta sexta-feira (28), a manifestação acontece em frente ao Estádio do Pacaembu, na Praça Charles Miller, na zona oeste da capital paulista. A carreata de hoje é solidária. Os participantes do ato devem doar 1kg de alimento não perecível. A instituição para qual os alimentos arrecadados serão doados ainda está em análise.

De acordo com a Polícia Militar, os manifestantes estão concentrados na praça desde às 10h. Eles reivindicam melhorias nas condições de trabalho. O ato é pacífico.

Durante a tarde desta quinta-feira (27), a FINDECT e sindicatos filiados participaram da segunda reunião de conciliação no TST (Tribunal Superior do Trabalho). No entanto, a empresa rejeitou a proposta de acordo coletivo até o término da pandemia do novo coronavírus.

Segundo o sindicato, a greve continua até a definição do julgamento pelo TST. 

Fonte: R7

Compartilhe agora com seus amigos