Greve solidária: Enquanto a direção da ECT reduz o vale alimentação, trabalhadores apoiam moradores em situação de rua com entrega de refeições

Notícia publicada dia 10/09/2020

Tamanho da fonte:

O Sindicato com apoio dos Trabalhadores que realizaram doações de mantimentos, prepararam marmitas para distribuir aos moradores de rua da região central em frente à estação Marechal Deodoro hoje (10) a partir das 12h

A greve dos trabalhadores em defesa do sustento de suas famílias mostrou seu lado solidário, ajudando os que mais necessitam nesse momento marcado por incertezas e dificuldades devido à pandemia de covid-19, expondo grande parte da população a situações de vulnerabilidade.

Desde o início da pandemia a categoria está trabalhando sem cessar, realizando o trabalho extremamente essencial e durante a greve justa dos trabalhadores, decidimos por realizar de forma diferente, fazendo uma greve solidária, levando alimentos às instituições de caridade, distribuindo refeições e ajudando a salvar vidas com doação de sangue. Quando na verdade esse trabalho social deveria ser feito pela direção dos Correios.

Muitos trabalhadores que estão somando nessas ações são pessoas que sentem na pele os reflexos da redução do vale alimentação e demais benefícios e entendem bem dos sentimentos das pessoas que hoje não tem condições de se esconder das enormes possibilidades de contágio pelo Covid-19 e muito menos da fome.

O SINTECT-SP e Trabalhadores dos Correios iniciaram mais um trabalho social preparando 300 marmitas para serem entregues, porém, esse número ainda não é suficiente para auxiliar toda a população em situação de rua, seja embaixo de viadutos ou nas praças do centro da cidade.

O SINTECT-SP faz uma crítica a direção militar da ECT, que em plena pandemia e com o aumento do preço dos alimentos, impõe uma redução drástica no benefício crucial para por alimento na mesa de suas famílias.

Para dar continuidade aos trabalhos sociais do Sindicato durante a pandemia, os trabalhadores permanecerão em campanha permanente de doações para continuar servindo almoço aos moradores de rua da capital, arrecadando alimentos e fortalecendo a campanha de doação de sangue.

Os Trabalhadores dos Correios defendem a vida de pessoas em situação de rua e sua ajuda fará toda a diferença devido a inércia da direção dos Correios na figura do seu Presidente general Floriano Peixoto.

A greve solidária continua e a defesa dos direitos da categoria será permanente!

Elias Diviza
Presidente do SINTECT-SP e vice da FINDECT

Carteiros distribuem almoço para pessoas em situação de rua no Metrô Marechal Deodoro

Trabalhadores dos Correios realizam ação solidária com doação refeições aos moradores em situação de rua.

Posted by Sintect-SP Sindicato Trabalhadores Dos Correios on Thursday, September 10, 2020
Sindicato e Trabalhadores dos Correios distribuem marmitas para pessoas em situação de rua

Diviza fala direto da Praça Marechal Deodoro onde os trabalhadores e o sindicato distribuem almoço para pessoas em situação de rua. #EuApoioAGreveDosCorreios

Posted by Sintect-SP Sindicato Trabalhadores Dos Correios on Thursday, September 10, 2020
Compartilhe agora com seus amigos