Junção de unidades aumenta a aglomeração

Notícia publicada dia 15/12/2020

Tamanho da fonte:

Mais de 120 carteiros foram empilhados num prédio que não suporta essa quantidade, são os CDDs Santa Catarina, Aeroporto e Campo Belo

Em vez de resolver os problemas estruturais das unidades, muitas delas com espaços pequenos demais, sem ventilação e sem manutenção interna e das áreas externas, a direção da empresa piora o problema!

Enquanto a Covid 19 avança na cidade, adoecendo e tirando vidas, a direção da empresa se esquiva de tomar medidas para proteger os ecetistas, obrigados a enfrentar o perigo nas unidades e nas ruas por serem enquadrados como trabalhadores essenciais.

E chega ao ponto surreal de juntar setores para aglomerar ainda mais a categoria. Como fez com os CDDs Santa Catarina, Aeroporto e Campo Belo, que agora estão no mesmo prédio.

Em plena Pandemia, e num momento de repique e crescimento da contaminação, a empresa mostra uma enorme irresponsabilidade com a saúde e a vida de seus funcionários ao fazer mudanças que criam ou ampliam aglomerações nas unidades.

Nesse caso, ele empilhou 120 Carteiros num prédio que não comporta tal quantidade.

O Sindicato mais uma vez é obrigado a agir, devido à desumanidade, à falta de compromisso com a vida e à irresponsabilidade da direção militar da ECT e seus gerentes. O primeiro passo será a visita do Técnico de Segurança do Trabalho no local. Ele fará um relatório técnico para dar base às providências que serão tomadas pelo SINTECT-SP.

Compartilhe agora com seus amigos