Sindicato conquista admissão de carteiro reprovado injustamente em concurso

Notícia publicada dia 06/02/2018

Tamanho da fonte:

O trabalhador Vanderley Selli tem um problema genético na coluna. Mas o nível de comprometimento não o habilita a prestar concurso para vaga de deficiente físico. Ele trabalhou como motorista terceirizado na ECT entre 2009 e 2010 e prestou o concurso de 2011 para carteiro. Passou na prova e no teste físico, mas foi reprovado no exame médico devido a esse problema na coluna.

A injustiça foi flagrante. Por isso o companheiro não desistiu de seu direito à vaga e PROCUROU O SINDICATO PARA ORIENTÁ-LO E AJUDÁ-LO. Imediatamente o Sindicato colocou seu Departamento Jurídico a serviço do trabalhador, como sempre faz quando os problemas assim exigem.
A entrada com a ação judicial se deu em 2012. Em dezembro de 2017 teve julgamento definitivo e favorável ao trabalhador. Ele foi admitido em 20/12/2017, retroativo a 20/12/2012, lotado no CDD Vila Gustavo.

À imprensa do Sindicato, Vanderlei disse que “só tenho a agradecer o empenho da direção do sindicato, que em momento algum deixou de dar assistência a minha pessoa. Sei que a luta de classes é extremamente importante, por isso me filiei ao Sindicato no mesmo dia da minha admissão, e deixo um chamado para aqueles que ainda não são sócios não ficarem só, e sim sócios!”.

Ainda não é sindicalizado? Clique aqui e fique sócio

Para complementar o recado do companheiro, ressaltamos a importância do Departamento Jurídico do Sindicato para todos os ecetistas.

É ele que acompanha e orienta a Diretoria do Sindicato e a categoria nas negociações coletivas das Campanhas Salariais, nos ajudando a ter clareza, responsabilidade e evitar armadilhas. Ele também tem advogados especializados em direito trabalhista para atender as questões locais e individuais de cada companheiro e companheira. É um serviço essencial e de qualidade que o Sindicato oferece aos seus associados e, nas questões coletivas, a toda a categoria. É uma forma exemplar de empregar os recursos arrecadados com as contribuições dos associados.

“A admissão de um colega é uma notícia sempre bem-vinda, pois conseguimos que se faça justiça e que o trabalhador tenha seu emprego e assim poder continuar realizando planos e sonhos. Por isso queremos agradecer a confiança de cada um de nossos associados e associadas e pedir a eles que sempre que se sentirem ameaçados, desrespeitados ou coagidos nos Correios, que nos procurem para maiores orientações, pois temos advogados competentes e comprometidos com a categoria”, explica o Diretor do Sindicato, Manoel Feitoza.

Mais uma vez o SINTECT/SP mostra a força de seu departamento jurídico em defesa da manutenção das conquistas e direitos da categoria.

Compartilhe agora com seus amigos