FINDECT e SINTECT-SP solicitam dos Correios medidas para prevenir categoria do coronavírus

Notícia publicada dia 13/03/2020

Tamanho da fonte:

A FINDECT e os Sindicatos filiados encaminharam nesta sexta-feira, 13 de março, ofício aos Correios, ao Ministério da Saúde e Ciências e Comunicações solicitando informações sobre quais providências tomarão para prevenção à epidemia do novo coronavírus no ambiente de trabalho dos Correios.

 O aumento no número de casos de infecção pelo Covid-19 no mundo levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a decretar nessa semana o status de pandemia ao novo coronavírus, elevando o grau de preocupação de toda sociedade.

É natural que os trabalhadores fiquem apreensivos diante dessa situação. Especialmente nos Correios, tendo em vista que os Ecetistas lidam diariamente com o público e visitam as residências, comércios e empresas em todos os municípios.

A Diretoria da FINDECT entende que é fundamental que haja uma orientação oficial dos Correios e a adoção imediata de medidas de segurança e prevenção em todas as unidades, com o objetivo de conscientizar e proteger a categoria e toda a sociedade. É uma questão de responsabilidade e obrigação da direção da empresa para ajudar a evitar que a doença se espalhe.

Artigos para prevenção

A FINDECT solicitou da direção da ECT, em ofício, que disponibilize álcool em gel 70º em todos setores da empresa de todo país. É importante que haja frascos para uso individual, para evitar o manuseio da embalagem por várias pessoas.

Também cobrou total transparência dos Correios com as Federações, Sindicatos e trabalhadores, com a divulgação de casos que forem identificados. Solicitou prioridade para a categoria na vacinação contra a gripe, inclusive como uma forma de facilitar a identificação do contágio pelo novo coronavírus, segundo o próprio ministério da saúde alertou. E que a empresa negocie imediatamente com os Sindicatos as medidas a serem tomadas em caso de contágio nas dependências da empresa, seja nas agências ou nos demais setores.

A FINDECT e os Sindicatos filiados orientam todos os trabalhadores a não compartilharem pertences pessoais e a pedirem aos clientes para usarem suas próprias canetas.

Trabalhadores devem ficar atentos ao coronavírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um documento com recomendações aos trabalhadores para prevenir no ambiente de trabalho, a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Confira abaixo as orientações divulgadas pelo OMS:

  • No ambiente de trabalho, as mesas, cadeiras, balcões, bancadas, telefones, teclados e outros equipamentos precisam ser higienizados com pano e desinfetante regularmente (a contaminação de superfícies é uma das principais formas de transmissão de Covid-19);
  • Promover uma higiene respiratória através de lenços descartáveis disponíveis em diversos locais do ambiente de trabalho para o empregado assoar o nariz ou tossir sem espalhar gotículas com vírus;
  • Se você está doente ou com febre e sintomas respiratórios, não vá ao trabalho. Os dirigentes nunca deveriam cobrar a presença de pessoas doentes no serviço;
  • Se não tiver um lenço à disposição, cubra a boca e o nariz com o antebraço ao tossir ou espirrar. E lave o braço assim que possível;
  • A empresa deveria distribuir dispensadores com álcool em gel em locais visíveis;
  • Pôsteres que promovam a lavagem das mãos são mais uma boa medida para os empregadores adotarem. Combine essa medida com outras de comunicação sobre higiene manual e outras atitudes saudáveis no serviço;
  • Várias vezes por dia, lavar bem as mãos com sabonete e também higienizar com álcool em gel 70º.
Ofício do Sintect-SP aos Correios
Compartilhe agora com seus amigos