Todos na luta contra a Reforma da Previdência (PEC 287/2016)

Notícia publicada dia 02/03/2017

Tamanho da fonte:

O governo Temer quer enterrar o direito do trabalhador a uma aposentadoria digna, com sua proposta de Reforma da Previdência. Entre vários ataques que são enormes retrocessos para a classe trabalhadora, estão:

– Idade mínima de 65 anos para se aposentar, para homens e mulheres;

– A previsão de que, para se aposentar com o salário integral, o trabalhador tem que contribuir por 49 anos;

– 25 anos como tempo mínimo de contribuição para a concessão de aposentadoria, inclusive por idade (hoje a exigência é 15 anos);
– O fim das aposentadorias especiais.

O governo e a mídia alegam que há um déficit previdenciário de R$ 250 bilhões. O que é uma tremenda farsa, comprovada por várias entidades de Auditores Fiscais da Receita Federal. Além disso, empresas devem mais de R$ 426 bilhões à Previdência. Em vez de cobrar e acabar com a sonegação, o governo quer anistiá-las. Absurdo!!!

As Centrais Sindicais convocaram para 15 de março um Dia Nacional de Lutas. O SINTECT-SP se soma a essa batalha e chama a categoria a comparecer à assembleia do dia 14/03 para debater nossa participação.
Compartilhe agora com seus amigos